sábado, 5 de fevereiro de 2011

Utada Hiraku - Biografia

PV's
Letras


Perfil
Sem ter alcançado sequer trinta anos, Utada Hikaru (conhecida como Hikki por seus fãs) é uma das mais conhecidas artistas do Japão. Utada domina o topo dos rankings com uma voz suave perfeita para as faixas R&B e pop que grava. Com lançamentos no Japão, Estados Unidos e Europa, ela permanece sendo uma das artistas pop mais versáteis da cena musical atual.

Biografia
Nascida em Nova York no dia 19 de janeiro de 1983, Utada Hikaru começou sua vida em uma família musical. Sua mãe, Utada Junko, era uma famosa cantora de enka que usava o nome Fuji Keiko. Apesar de inicialmente não ter se sentido atraída pela carreira musical por causa do estresse e da pressão que envolvem a carreira, Utada acabou se encantando com a idéia de compor músicas quando tinha onze anos.

Ainda no início do Ensino Médio, Utada lançou seu primeiro álbum, Precious, nos Estados Unidos, usando o nome Cubic U. Infelizmente o álbum foi lançado prematuramente, quando vocais pop femininos ainda não tinham se popularizado na cena musical americana. Precious alcançou pouco sucesso. Porém, o álbum chamou a atenção dos empresários da gravadora Toshiba/EMI no Japão. Fluente nas línguas inglesa e japonesa, Utada pôde mudar de país facilmente.

Enquanto estudava em uma famosa escola americana no Japão, Utada lançou seu primeiro single de sucesso, Automatic, no dia 9 de dezembro de 1998. Logo depois, First Love, seu primeiro álbum, foi lançado em março de 1999 e vendeu dez milhões de cópias ao redor do mundo.

O novo milênio trouxe vários hits com Distance e Deep River. Ambos tiveram muito sucesso nos rankings, estabelecendo firmemente o sucesso de Utada no Japão. Apesar de ter voltado para Nova York por um breve período para estudar na Universidade de Columbia em 2000, ela não mostrou sinais de que diminuiria o ritmo. Aos dezenove anos, Utada se casou com Kiriya Kazuaki, que dirigiu vários de seus PVs.

Utada ganhou mais exposição nos Estados Unidos ao trabalhar com Foxy Brown na música Blow My Whistle, para a trilha sonora do filme "Hora do Rush 2". Utada seguiu com o single Hikari, lançado em março de 2002 e intitulado Simple and Clean na versão em inglês. A música foi usada como tema do popular jogo para o PlayStation 2 "Kingdom Hearts".

Sua principal tentativa de alcançar o sucesso nos Estados Unidos veio em 2004 com o álbum EXODUS, lançado pela gravadora Island Def Jam Music Group. O próprio nome do álbum sugere uma separação de suas raízes na música popular japonesa. Gravado inteiramente em inglês, o álbum foi seu primeiro lançamento americano desde Precious. Porém, como seu predecessor, EXODUS não fez tanto sucesso. O público japonês, no entanto, gostou muito do lançamento, e Utada ganhou mais um hit.

Mesmo que seus lançamentos nos Estados Unidos não tenham alcançado muito sucesso, outra oportunidade se apresentou com singles como Devil Inside, tirado de EXODUS, apareceram no ranking U.S. Billboard Hot Dance/Club Airplay Chart.

Pouco tempo depois do lançamento do single Flavor of Life, Utada anunciou, em março de 2007, que se divorciaria de seu marido. A separação foi amigável e não abalou a cantora, que lançou mais um single, Beautiful World / Kiss & Cry, no dia 29 de agosto. 2007 acabou com Flavor of Life se tornando o single mais vendido do ano no Japão. O quinto álbum de estúdio de Utada, Heart Station, foi lançado no dia 18 de março de 2008.

Os álbuns de Utada não apenas a levaram ao estrelato, como também provaram que o R&B japonês tem potencial para se tornar um gênero líder de vendas. Enquanto os anos 1990 foram cheios de cantoras pop com voz nasal, Utada foi a exceção. Sua voz rica e seu senso de ritmo construíram o caminho de várias vocais femininas que não se encaixavam no estereótipo japonês. Sem dúvidas, Utada deixou, e ainda deixa, uma grande impressão na cena musical, mostrando seu potencial de manter o R&B forte no Japão.

Utada divulgou seu novo álbum em inglês nos Estados Unidos, chamado This Is The One, que foi lançado em 24 de março de 2009, em formato digital, e 12 de maio, em CD pela Island Records nos Estados Unidos, e 14 de março no Japão em ambos os formatos. O primeiro single do álbum, Come Back To Me, foi lançado nas rádios americanas em 10 de fevereiro de 2009, também estando disponível como single digital no mesmo dia, na loja virtual do iTunes.

Utada também forneceu a música tema para o novo filme Evangelion: 2.0 You Can (Not) Advance, um remix da música Beautiful World chamado Beautiful World -PLANiTb Acoustica Mix-, lançado como single digital em 27 de junho de 2009, mesma data de lançamento do filme no Japão.

Em dezembro de 2009, Utada lançou o segundo single do álbum This Is The One nos Estados Unidos, Dirty Desire. Em 2010, Utada realizou sua primeira tour internacional em suporte ao álbum This Is The One, chamada Utada: In The Flesh 2010, que teve início no dia 15 de janeiro no Havaí, e passou por mais datas nos EUA e duas datas na Inglaterra, finalizando no dia 12 de fevereiro.

Em agosto de 2010, Utada declarou que fará uma pausa em sua carreira a partir de 2011 por tempo indeterminado, e que antes disso lançaria uma segunda coletânea com seus maiores sucessos em japonês, incluindo mais 5 músicas inéditas, chamado Utada Hikaru SINGLE COLLECTION VOL. 2.

No dia 8 de novembro, Utada e a gravadora EMI anunciaram oficialmente que deixou a Island Records para assinar um contrato global com a gravadora EMI Music, que antes só cuidava dos lançamentos de Utada no Japão. A partir de agora, todos os lançamentos internacionais serão lançados sobre o nome completo de Utada, Utada Hikaru .

No dia 24 de novembro, foi lançado o álbum Utada Hikaru SINGLE COLLECTION VOL. 2, álbum duplo que no primeiro disco se encontram todos os singles japoneses de Utada lançados entre 2004 e 2009, enquanto o segundo disco é um mini-álbum com cinco músicas novas. O álbum foi o sétimo ábum japonês consecutivo de Utada a alcançar o número um no ranking de vendas Oricon, e o oitavo no total. No mesmo dia, foi lançado o álbum Utada the Best, uma coletânea lançada pela Universal Music Japan contendo músicas dos álbuns em inglês Exodus e This Is The One, além de remixes. O álbum foi lançado sem a autorização de Utada, marcando o fim da relação entre a cantora e a gravadora.

Nos dias 8 e 9 de dezembro, foram realizados os shows de despedida de Utada chamado WILD LIFE. O show do dia 8 foi exibido em tempo real em 30 cinemas do Japão, e gratuitamente no site Ustream, tendo sido assim possível para os fãs fora do Japão asssistirem ao show ao vivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Enterprise Project Management